Mulher de sucesso: a Nova Empreendedora Digital
28 de junho de 2014
Despeça seu chefe! Mas não agora: 20 mitos e verdades sobre empreender na internet
29 de junho de 2014
Mostre tudo

Uma das principais dúvidas de todos os empreendedores é: por onde começar um negócio? Se você optou pela internet mas ainda não sabe como dar os primeiros passos, neste post daremos algumas dicas importantes.

Como também já falamos nos posts Por que as ideias fracassam? 6 dicas para evitar o insucesso e Tive uma ideia e agora? como escolher um nicho? nem sempre ter uma boa ideia será sinônimo de sucesso, afinal sua ideia não vale nada enquanto não for validada e, é claro, que isso se aplica também aos novos negócios na internet. Mas e depois de ter escolhido um nicho de atuação e de ter a ideia validada? Qual é o próximo passo? Como, de fato, disponibilizar a sua ideia para o público-alvo? Como ganhar espaço na internet?

E saiba que essa não é uma pergunta para uma única resposta... então vamos lá!

Por onde começar um negócio na internet?

Por onde começar um negócio na internet?

 5 passos para se tornar o Novo Empreendedor Digital

 

1) Escolha do nome (domínio)

Geralmente está relacionado com a ideia principal do projeto ou associado ao público-alvo. Muitas vezes é comum encontrarmos no domínio também o uso de algumas palavras-chave. Você também pode utilizar uma marca própria como nome do produto ou serviço ou mesmo seu nome e sobrenome caso queira oferecer serviços de consultoria, por exemplo.

Embora você possa optar por utilizar os domínios gratuitos como WordPress, Blogger, Wix, o mais recomendável é que você adquira um domínio próprio para aumentar a sua credibilidade e reputação.

O mais importante é que o nome seja de fácil memorização (para não errar leia também o nosso post Como criar URLs amigáveis).

 

2) Registro do domínio

Para consultar a disponibilidade do domínio escolhido acesse o Registro BR. Outra questão que envolve a escolha do domínio é a utilização do domínio .com (internacional) ou .com.br (nacional). Embora não exista nenhuma regra básica, a opção dependerá da sua estratégia.

Na dúvida sobre qual utilizar adquira os dois até para proteger a sua marca na internet (e se possível adquira também a(s) variação(ões) do seu domínio que é causada por erros de digitação ou variação do nome. Exemplo: www.hoteldacachoeira.com.br >> variação: www.hoteldecachoeira.com.br e os redirecione para o domínio principal.

Em relação a otimização do site, tanto o domínio nacional quanto o internacional terão a mesma vantagem, desde que você utilize as técnicas de SEO (Search Engine Optimization), ou seja, não há um melhor do que o outro, tudo vai depender da sua estratégia de posicionamento da marca.

 

3) Canais de relacionamento

Para ser encontrável e ampliar o alcance da sua marca na internet, é importante que ela esteja presente também nas principais redes sociais onde o seu público-alvo está. Youtube, Google Plus, Twitter, Pinterest, Instagram, Linkedin, são as mais usuais, no entanto, a escolha da melhor rede para estabelecer a sua presença digital dependerá também da definição das suas estratégias e objetivos. Avalie sempre o que é melhor para o seu negócio e não se baseie apenas no que já funcionou para outras empresas.

 

4) Registro da marca

Depois de escolhido o nome da sua marca, ou seja, como você será reconhecido dentro e fora da internet, e de ter realizado o registro do(s) domínio(s) o próximo passo é o de registrar a marca garantindo a exclusividade, evitando assim o plágio e outros problemas comuns do uso indevido da marca. Embora o processo seja bem burocrático e demorado, o mais recomendável para evitar implicações futuras é registrar a sua marca.

Para saber mais sobre o processo do registro de marcas e patentes acesse o site do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial).

5) Escolha da hospedagem

Depois de adquirido o(s) domínio(s) e garantir o uso da sua marca é hora de colocar o seu site no ar!

Hoje em dia já existem muitas empresas que oferecem serviços de hospedagem como Hostgator, Locaweb, Kinghost, etc. Você também pode optar por utilizar a hospedagem de uma revenda própria. Alguns fornecedores oferecem o plano básico e também a possibilidade de fazer o upgrade futuramente.

Antes de escolher o fornecedor avalie a sua necessidade operacional e a relação custo x benefício. Se você não tiver muito conhecimento sobre requisitos técnicos etc. pode recorrer ao suporte técnico da própria hospedagem ou ainda procurar um profissional como um consultor de marketing digital para fazer as melhores opções para o seu negócio.

 

Pronto! Agora que você já sabe quais são os principais passos para se tornar um novo empreendedor digital, pode começar a tirar as suas ideias do papel e invadir a internet. Chegou a sua hora de empreender!

 

Vamos lá? Pronto para ser um Novo Empreendedor Digital?

Equipe NED
Equipe NED
Nós somos os NEDs - Novos Empreendedores Digitais. Fale conosco: contato@novoempreendedordigital.com.br